Home / Programas Habitacionais / SC Mais Moradia: Conheça o Programa Habitacional Dos Catarinenses
SC Mais Moradia: Conheça o programa habitacional dos catarinenses

SC Mais Moradia: Conheça o Programa Habitacional Dos Catarinenses

SC Mais Moradia: Conheça o programa habitacional dos catarinensesDesde 2021, Santa Catarina voltou a ter um Programa Habitacional específico. O projeto foi anunciado no final de 2021 pelo Governador do Estado, Carlos Moisés. O objetivo do SC Mais Moradia é de reduzir o déficit habitacional que acompanha o estado nesse momento, principalmente com a construção de casas para pessoas que estão em situação de extrema pobreza.

Logo quando começou em novembro de 2021, o SC Mais Moradia deu preferência ao atendimento para os 61 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano do estado. O programa saiu do papel graças as parcerias que foram realizadas com as prefeituras, que são as responsáveis pelas doações de terrenos e a execução de trabalhos.

Os recursos disponíveis foram alocados após um remanajamento orçamentário, sendo que até o final de 2022, de acordo com as previsões do Governador Carlos Moisés, cerca de R$ 70 milhões vão ser enviadas a Assembleia Legislativa (Alesc).

Projeto principal é retirar as famílias da zona de risco

O objetivo principal é de retirar as famílias de situação de risco e oferecer mais dignidade para a vida delas. Isso será feito de acordo com as parcerias idealizadas com os municípios, pois uma residência digna acaba proporcionando uma melhor auto estima para as famílias.

Em relação as casas, elas vão ser inteiramente custeadas pelo Governo do Estado com um preço estimado de até R$ 70 mil por cada unidade. Na primeira etapa do projeto, o plano era de construir ao menos mil residências, que serão cedidas as famílias dentro de um regime inicial de até dez anos.

Veja a notícia do Gov SC: www.sc.gov.br/noticias/temas/desenvolvimento-social/sc-mais-moradia-governo-lanca-programa-para-combater-deficit-habitacional

Cidades da Serra Catarinense são referência no projeto

As cidades da Serra Catarinense estão sendo referência desde o início do projeto e desde o início do projeto, algumas cidades como São Joaquim já tinham o cadastro completo das pessoas atendidas. Neste momento, o Governo do Estado busca atender a todos os municípios e sendo que assim que o recurso cair na conta, o processo de limitação é aberto de forma imediata.

A ajuda para as famílias não acontece apenas com as residências, mas também com a inclusão social. O Governo de SC percebeu várias situações de vulnerabilidade, violência doméstica e separações de casal, onde as mulheres ficam apenas com a estrutura do lar para tocar.

Lista todos os municípios que vão ser atendidos em Santa Catarina

  • Abdon Batista;
  • Abelardo Luz;
  • Água Doce;
  • Alfredo Wagner;
  • Anchieta;
  • Angelina;
  • Anita Garibaldi;
  • Anitápolis;
  • Bandeirante;
  • Bela Vista do Toldo;
  • Bocaina do Sul;
  • Bom Jardim da Serra;
  • Bom Retiro;
  • Brunópolis;
  • Calmon;
  • Campo Belo do Sul;
  • Campo Erê;
  • Canelinha;
  • Capão Alto;
  • Caxambu do Sul;
  • Cerro Negro;
  • Coronel Martins;
  • Entre Rios;
  • Frei Rogério;
  • Imaruí;
  • Ipuaçu;
  • Irineópolis;
  • José Boiteux;
  • Lebon Régis;
  • Leoberto Leal;
  • Macieira;
  • Major Gercino;
  • Major Vieira;
  • Matos Costa;
  • Monte Carlo;
  • Monte Castelo;
  • Ouro Verde;
  • Painel;
  • Palmeira;
  • Passos Maia;
  • Ponte Alta do Norte;
  • Ponte Alta;
  • Ponte Serrada;
  • Rio das Antas;
  • Rio Rufino;
  • Romelândia;
  • Saltinho;
  • Santa Cecília;
  • Santa Terezinha do Progresso;
  • Santa Terezinha;
  • São Bernardino;
  • São Cristovão do Sul;
  • São João do Sul;
  • São Joaquim;
  • São José do Cerrito;
  • Timbó Grande;
  • Urubici;
  • Urupema;
  • Vargeão;
  • Vargem;
  • Vitor Meireles

Check Also

Como se cadastrar no Cohab Campinas?

Como Se Cadastrar Na Cohab Campinas SP?

A Companhia de Habitação Popular de Campinas, a Cohab-Campinas, é uma empresa de economia mista, que …