Home / Programas Habitacionais / Programa Avançar nas Obras e Habitação: Veja mais sobre o programa habitacional gaúcho
Programa Avançar nas Obras e Habitação: Veja mais sobre o programa habitacional gaúcho

Programa Avançar nas Obras e Habitação: Veja mais sobre o programa habitacional gaúcho

O lançamento do Programa Habitacional Avanças nas Obras têm o intuito de promover o interesse social, tendo sido lançado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul ainda no início deste ano. Ao todo, a expectativa é que sejam movimentados R$ 143,67 milhões com a construção de unidades habitacionais, contando também com a execução de outro programa, o Nenhum Casa Sem Banheiro.

Também haverá o pagamento de indenização das famílias que recebem algum aluguel social e também uma aceleração para se concluir um programa de empreendimentos para a população de baixa renda. Estima-se que o impacto direto somente no primeiro ano deverá ser de ao menos 100 mil gaúchos atendidos pelas políticas habitacionais.

Perfuração de poços também é uma pauta do Governo Gaúcho

De acordo com a palavra dada pelo Governador Eduardo Leite ainda no início do projeto, juntamente com o Secretário de Obras e Habitação do Rio Grande do Sul, José Stédile, também existe o projeto de investir mais de R$ 84 milhões para a execução de outras ações ligadas à Secretaria de Obras e Habitação.

Entre as iniciativas previstas, destaque para o projeto de perfuração de poços, recuperação de estradas, construção de barragens e a Reforma de Coordenadorias Regionais de Obras Públicas. Em um soma total, o programa Avançar vai destinar mais de R$ 226,91 milhões de reais, sendo o maior investimento do segmento dos últimos 20 anos.

O Governador destacou as reformas estruturais e como elas estão sendo promovidas. Além do impulsionar a construção civil e girar a economia gaúcha com a contratação de maquinário e mais mão de obra, tudo isso irá fazer uma grande diferença na vida dos gaúchos.

Objetivo de combater o déficit habitacional

Com o intuito de enfrentar o déficit habitacional, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul decidiu que irá realizar o repasse de até R$ 54 milhões para a construção de mais de mil unidades habitacionais ao longo do ano, contemplando as famílias que comprovem uma renda de até três salários mínimos.

Também conta com um projeto-piloto para os municípios de Canoas e Pelotas, com um investimento que chegará a até R$ 36 milhões para erguer 479 casas nessa primeira fase do projeto. Para concluir as unidades habitacionais, o Governo do RS vai contar com a parceria da Caixa Econômica Federal e mais 18 cooperativas habitacionais com o intuito de reforçar o empenho do Governo de levar mais dignidade para as famílias vulneráveis.

Investimento para terminar obras inacabadas no Rio Grande do Sul

Serão investidos R$ 19,9 milhões para finalizar 3.951 imóveis em todo o estado que começaram no passado e ainda não foram acabados, com um repasse total de R$ 5 mil por cada unidade habitacional, beneficiando cerca de 4 mil famílias no estado.

Em relação ao programa Nenhuma Casa sem Banheiro, que teve o seu início em dezembro de 2021 pela Secretaria de Obras Públicas, com o Governo tendo destinado até R$ 12 milhões para o Fundo de Recursos Hídricos do Estado, o que irá garantia a assistência de 5,4 mil pessoas que se encontram em vulnerabilidade social.

Check Also

Como se cadastrar no Cohab Campinas?

Como Se Cadastrar Na Cohab Campinas SP?

A Companhia de Habitação Popular de Campinas, a Cohab-Campinas, é uma empresa de economia mista, que …